Noticias
Noticias e Informações
Noticias
Voltar \ IMI - Imposto Municipal Sobre Imóveis

IMI - Imposto Municipal Sobre Imóveis

11 abr 2020
IMI - Imposto Municipal Sobre Imóveis
Impostos e Taxas
O IMI (Imposto Municipal Sobre Imóveis) é um imposto direto apenas devido aos proprietários de imóveis e terrenos - e que taxa o valor dessas propriedades. Em termos técnicos, incide sobre o Valor Patrimonial Tributário (VPT), isto é, sobre o valor da avaliação do imóvel registado na Autoridade Tributária. Saiba tudo sobre o IMI e evite pagar o imposto com agravo.
 
O que taxa o IMI e como é calculado?
 
O imposto propriamente dito ou, em rigor, o valor da taxa a pagar, é definido anualmente pelos municípios onde os respetivos imóveis se encontram localizados. Estas taxas, por sua vez, são determinadas tendo por base uma tabela emitida pelo Estado, no sentido de regular os valores praticados, impondo limites às taxas.
 
Estes limites estão, atualmente, definidos nos seguintes intervalos: 
 
Prédios Urbanos (imóveis destinados à habitação, comércio, indústria ou serviços e terrenos para construção) – entre os 0,3 e os 0,45% (até aos 0,5% em alguns casos);

Prédios Rústicos (terrenos situados fora dos centros urbanos, que não sejam para construção, e se destinem à atividade agrícola, por exemplo) - até 0,8%.
 
 
Pode consultar a taxa aplicável no seu município no Portal das Finanças. Deste modo, e para calcular o valor do IMI a pagar, tem apenas que multiplicar a taxa aplicada pelo município pelo VPT.
 
Como é determinado o Valor Patrimonial Tributário (VPT)?
O VPT é determinado por avaliação, tendo por base a declaração do sujeito passivo (do proprietário do imóvel).
 
Por norma, a primeira avaliação é realizada pelo chefe de Finanças da repartição onde se encontra localizado o imóvel. Depois disso, o VPT é atualizado periodicamente, mais concretamente de três em três anos.
 
O objetivo desta avaliação periódica é precisamente ajustar o valor fiscal do imóvel à inflação e tem em consideração os seguintes fatores:
 
- Coeficiente de vetustez (idade do imóvel);
 
- Valor base dos prédios edificados (preço de construção por metro quadrado);
 
- Coeficiente de localização (características da zona envolvente);
 
- Área bruta de construção;
 
- Coeficiente de afetação (fim a que se destina o imóvel: a habitação, por exemplo);
 
- Coeficiente de qualidade e conforto (funcionalidade e comodidade de utilização).


A sua casa aqui.
www.arabiscos.com
Veja Também